segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Senti um amor imenso. Por tudo, sem pedir nada de volta.



Gosto de observar as pessoas. Descobri isso nas minhas esperas.
Detesto esperar, me irrita, então encontrei uma distração que faz o tempo passar rapidinho.
Hoje foi um dia desses. Sombra e vento bom, céu azul, Sol, um daqueles dias realmente bonitos. Sentei para mais uma espera e observei as pessoas indo e vindo. Algumas apressadas, outras já desanimadas se esquecendo, (ou justamente por lembrar), que ainda é segunda feira. Em grupos, sozinhas, falando no celular, cantando, sorrindo, de cara feia... Gestos, atitudes, características, caras e bocas.
Vendo isso tudo comecei a imaginar o que estariam pensando, minha imaginação é muito fértil. Mas aí parei de olhar pra essas pessoas e passei a olhar para mim. Para os meus planos, para o que ainda posso fazer, para o que já fiz. Lembrando das risadas de cedo, das pessoas que estão comigo e me fazem ter motivos para rir. Pensar no que ainda quero, acreditar que posso.
Não sei, de repente me senti tão bem comigo, uma onda de felicidade vinda não sei de onde surgiu me trazendo uma vontade enorme de ser melhor pra mim e para os outros, de voltar a ser quem eu era, de viver de verdade e aproveitar tudo que vem pela frente, porque eu sei que virá. De manter a consciência de que quando quero ser feliz eu sou e não preciso de ninguém pra isso. De deixar meu coração quietinho, sem incômodo porque assim ele é mais feliz e eu vivo melhor. De deixar um sorriso por onde eu passar. De cuidar melhor de mim. De manter a minha fé e acreditar ainda mais. De aprender mais com as crianças. De esquecer o que de ruim passou, afinal já passou. De nunca esquecer o que de bom ficou. De sair mais com os 'velhos' amigos. De ter mais tempo pra mim e ao mesmo tempo ser menos egoísta. De tentar ser uma pessoa nova.
Hoje de manhã o vento da mudança soprou um furacão! :)

"Porque chega uma hora em que você tem que escolher a vida. Eu talvez não saiba bem ainda o que isso significa, mas é claro para mim que a hora desta escolha é agora, está acontecendo. Tenho a mão estendida para abrir a porta, abrir o portão. Descer, partir, viver.É tempo de me fazer, eu sei.
Tenho repetido que, no que depender de mim, me recuso a ser infeliz. E digo a mim mesma relaxa baby barquinho na correnteza e Deus dará!" [Caio F.]

1 comentários:

Uiara Fontana disse...

hoje eu acordei gostando mais de mim,acorde, levante, se sinta, se ache, diga eu sou perfeita e linda, e assim será, o ontem ja foi, o amanha n sabemos, vamos viver essa lembrança q ganhamos q deus tds os dias, o nosso PRESENTE.

Olha aí!

Miss You Too Much Sarah Connor (TRADUÇÃO) HD (Lyrics Video)
Há um ano
Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas…
Há 2 anos

Últimos Posts