terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Vale muito a pena.

You came into my life
And I thought "hey, you know, this could be something"
'Cause everything you do and words you say
You know that it all takes my breath away ♪ 
[Boys Like Girls ft. Taylor Swift - Two is better than one]





Só olhar para ele, sentar ao lado, ouvir a voz, faz tudo ficar mais feliz. Algumas pessoas simplesmente valem a pena.






domingo, 23 de janeiro de 2011

Histórias, nossas histórias. Dias de luta, dias de glória. ♪

Dias de riso fácil e bom humor. Dias de riso raro, lágrimas fáceis e humor que espanta qualquer um. 
É assim que tem sido.


Sabe o que eu sinto?
 Tem duas coisas me puxando, 
dois tipos de vida — e eu não quero nenhum deles. 
Quero um terceiro, o meu.
[Caio F.]

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

07/01/2011

"Como costumo dizer, 
um dia de salto 7, outro de sandália havaiana."
[Caio F.]



 Hoje sentada no balanço e com o vento batendo no rosto fiquei pensando que minha vida, e a de todos, é assim, como quando a gente balança: altos e baixos. Ora estamos lá em cima, e parece que nada pode nos deter, e queremos sempre ir mais e mais alto. Ora estamos embaixo e aí vemos que precisamos fazer algo para subir de novo, mas é como se não fôssemos mais conseguir. E é onde entram nossas escolhas, cada decisão que tomamos pode nos impulsionar pra cima ou nem nos tirar do lugar.
Quanto mais alto quiser balançar mais impulso tem que ter, não sei se dá pra entender, mas é algo como querer e tentar subir por si só, mesmo que seja mais fácil com alguém empurrando, se você não se ajudar vai parar e continuar com os pés encostando no chão. Enfim.
Depois de toda essa filosofia de boteco, me dei conta que hoje, nesse momento pelo menos, não sei o que quero. Sei o que preciso, e o que tenho, mas não sei o que quero. Sei que preciso balançar e alcançar o alto, mas já estou no alto e talvez se quiser subir mais ainda posso cair. Hoje sei que tenho 19 anos, meia faculdade, um 'meio namorado', uns poucos e bons amigos de quem ando distante (literalmente), uma vida no 'campo' e uma na cidade, um incenso de canela queimando que me trás lembranças e saudades e uma familia que apesar de tudo permanece unida.
Sei que tenho sonhos, mas não hoje. Não agora. Agora só tenho o dia de hoje que com seus altos e baixos foi suficiente pra me deixar feliz e satisfeita. Umas biritas, um jogo de futebol na lama, piscina e o balanço. 
Não sei o que quero, não sei o que esperar, só sei que hoje o balanço me deu a sensação de que as vezes é possível voar. Amanhã talvez eu caia, mas isso, ah... Deixa pra amanhã!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Querendo controlar a própria loucura...

... discretamente infeliz. 
Não que estivesse triste, só não compreendia o que estava sentindo.



Veneno, veneno, às vezes digo coisas ácidas e de alguma forma quero te fazer compreender que não é assim, que tenho um medo cada vez maior do que vou sentindo em todos esses meses, e não se soluciona, mas volto e volto sempre, então me invades outra vez com o mesmo jogo e embora supondo conhecer as regras, me deixo tomar inteiro por tuas estranhas liturgias, a compactuar com teus medos que não decifro [...]
[...]e de novo então me vens e me chegas e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para libertar novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteiro nas coisas que me contas.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Bonitinho.


O Chico tem me salvado do tédio.  :)

domingo, 16 de janeiro de 2011

Eu tinha que dizer ou fazer alguma coisa...

 ...só não sabia o quê, meu coração galopava esquisito (...).
[Caio F.]


Não adianta ficar procurando em outros aquilo que sempre encontro em você.
Talvez o meu maior erro seja querer acertar sempre, provar para mim e para o resto do mundo que eu posso fazer o que bem entender, assim acabo agindo por impulso e aproveitando oportunidades tolas, que depois só me trazem absolutamente NADA.
Dizem que tudo acontece quando a gente menos espera não é? Pois é, algumas coisas você nem quer, mas acontecem, te fazem errar mas ao mesmo tempo não dão motivos pra se arrepender. Talvez não sejam erros. Enfim. Deixa estar, se foi é porque tinha que ser.

Péssimo texto pra ser o primeiro post do ano.
Prometo voltar de verdade, mas por enquanto é só.




E, mesmo que eu te me perca,
Nunca mais serei aquela que se fez seca
Vendo a vida passar pela janela.

[Quando Fui Chuva - Maria Gadú]

Olha aí!

Miss You Too Much Sarah Connor (TRADUÇÃO) HD (Lyrics Video)
Há um ano
Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas…
Há 2 anos

Últimos Posts