sábado, 7 de agosto de 2010

Mas evoluímos para esse amor que nem sei explicar.

E mesmo com alguns 'apesares' acho que não sabemos mais ficar longe um do outro. Mesmo que pareça tudo meio torto pra quem está de fora, não importa. Nada importa quando estou contigo. "(...) a Terra treme e vulcões explodem e pestes se alastram" e nada faz diferença, pois quando estamos juntos só vejo coisas boas. E deixa eu contar: só vejo porque você traz consigo a maioria delas, e mesmo quando vai embora, deixa um pouco (muito) comigo.



(...) E consegue tudo de mim. Consegue até o que ninguém nunca conseguiu: me deixar leve. Sabe rir mole de bobeira? Sabe dançar idiota de alegria? Sabe dormir gemendo de saudade? Sabe tomar banho sorrindo para a sua pele? Sabe cantar bem alto para o mundo entender? Sabe se achar bonita mesmo de pijama e olheiras? Sabe ter ânsia de vômito segundos antes de vê-lo e ter fome de mundo segundos depois de abraçá-lo? Sabe não aguentar? Sabe sobrevoar o frio, o cinza, os medos, os erros e tudo que pode dar errado? (Tati B.)


Olha aí!

Miss You Too Much Sarah Connor (TRADUÇÃO) HD (Lyrics Video)
Há um ano
Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas…
Há 2 anos

Últimos Posts