domingo, 22 de maio de 2011

É Sol.


Ainda que chova, e às vezes chove muito, a memória da ternura luminosa e imutável do sol faz eu lembrar da natureza preciosa da vida. O sol não vai a lugar nenhum, ele fica exatamente onde está, mas a nuvem, a chuva, sempre passam.

2 comentários:

Elayne disse...

Adorei seu blog flor!
Seguindo já!
Segue o meu também..
http://asentreaspas.blogspot.com/

beijo!

Any disse...

Que lindo Tah! Perfeito!

Olha aí!

Miss You Too Much Sarah Connor (TRADUÇÃO) HD (Lyrics Video)
Há um ano
Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas…
Há 2 anos

Últimos Posts