sábado, 4 de dezembro de 2010

E queria sempre achar explicação pra o que eu sentia.

Então, de repente, sem pretender, respirou fundo e pensou que era bom viver.
 Mesmo que as partidas doessem, e que a cada dia
 fosse necessário adotar uma nova maneira de agir e de pensar, 
descobrindo-a inútil no dia seguinte - mesmo assim era bom viver.
 Não era fácil, nem agradável. Mas ainda assim era bom. 
Tinha quase certeza.
[Caio F.]
                     


Não sei mais o que acontece. Tá tudo tão confuso, tão estranho. Eu estou estranha. 
Nesses últimos dias não reconheço a menina que vejo no espelho, a menina que tenho evitado encarar. Tanta coisa eu preciso dizer, tanta coisa quero fazer, e ao mesmo tempo eu quero guardar e esquecer que algum dia eu já quis colocar pra fora.
É muito mais fácil chorar pela décima vez ao dia do que tentar explicar escrevendo. Chorar por motivos bobos, por coisas que antes não me abalavam em nada. 
Sei que nessas horas não estou sozinha, e tenho provas diárias disso. Abraços, telefonemas, conversas, conforto de pessoas queridas, mas isso só me faz chorar mais. 
Minha tia pergunta porque eu choro tanto, só digo que não sei. E realmente não sei. 
Talvez seja por conta de todas as responsabilidades que tive que assumir assim, de uma hora pra outra, ver pessoas queridas indo embora, e medo de perder as que ficaram. Medo. Não sei de que, mas essa palavra é a mais próxima que encontrei nas inúteis tentativas de entender. 
E justamente por ver tantas pessoas a minha volta é que dói tanto, não quero que nenhuma vá embora.
Ir embora, é algo que tem ficado na minha cabeça nesses últimos dias, não aguento mais ver ninguém indo, é isso.
Não dá pra entender, não tente. Só tenha paciência e não vá embora.




Gostaria que meu coração fosse como uma porta giratória, 
por onde as pessoas entrassem e saíssem sem que eu desse a mínima.
[Caio F.]

2 comentários:

Jaque *-* disse...

Perdidáá... eu não vou embora! Sou uma amiga meio distante mais estou aqui tá.. Aceito telefonemas, visitas ok? hehehe

Kauana da Costa Rosa disse...

sem comentários... exatamente o que estou passando agora =/

Olha aí!

Miss You Too Much Sarah Connor (TRADUÇÃO) HD (Lyrics Video)
Há um ano
Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas…
Há 2 anos

Últimos Posts